Acceso para socios Recursos Terminología Ciberaula Federico Romero Panace@ El Escaparate




Búsqueda avanzada

Estamos en:
     

Bolsas «Luísa Tavares-Coelho» para jovens tradutores médicos

Versão em Espanhol

Abertura 2014



Apresentação e antecedentes

Candidatos

Documentação e prazos

Decisão

Apresentação e antecedentes

Luísa Tavares-Coelho (1966-2011), natural do Porto, Portugal, obteve o seu primeiro título académico em Línguas e Secretariado no Instituto Superior de Ciências da Administração (ISCAP) do Politécnico do Porto. Ingressou de imediato na vida profissional, onde aplicou os seus conhecimentos de secretária, tradutora e intérprete em companhias como a Bridas Corporation no Turquemenistão. Foi responsável pelos contactos de empresas têxteis portuguesas com a Disney norte-americana. Em 2002 regressou ao ISCAP para completar a licenciatura em Línguas e Secretariado.

Defendeu uma tese exemplar sobre «Aspectos da Tradução e da Interpretação na área científica de Farmacologia: uma análise crítica» (2006), onde apresentou soluções muito originais para a tradução de termos anglo-americanos como date rape («encontros com o Barba Azul», «ciladas sexuais») e elation («alegria esfuziante»). Incluiu na tese a sua tradução do texto da identificação da serotonina (Historical Tales of the Chemistry that Identified Serotonin), para a qual contou com os conselhos do próprio cientista americano que fez essa identificação (Maurice Rapport, 1919-2011).

A Luísa foi uma tradutora muito séria, competente e apaixonada pela sua profissão. Pelo respeito que tinha pelos autores dos textos de partida trabalhou sempre guiada pelo mote de Marguerite Yourcenar com que termina a sua tese: «A palavra escrita ensinou-me a escutar a voz humana».

Em memória da sua curta mas importante passagem pela Tremédica, criaram-se as bolsas «Luísa Tavares-Coelho», que, com periodicidade anual, pagarão duas assinaturas Cosnautas Oro (www.cosnautas.com) destinadas a tradutores que tenham o português como língua de trabalho e estejam interessados na tradução de textos biomédicos. A bolsa cobrirá também o pagamento da quota da Tremédica (Associação Internacional de Tradutores e Redatores de Medicina e Ciências Afins) durante um ano, como sócio principiante, afiliado ou titular segundo decisão da Comissão de Admissões de novos sócios da Tremédica.

O propósito da bolsa é permitir que os bolseiros conheçam e tenham acesso a fontes de informação fiáveis e imprescindíveis para o seu desempenho profissional e para a aplicação de criterios rigorosos na procura terminológica necessária ao seu trabalho.

Candidatos

§ Poderão concorrer à bolsa os tradutores de qualquer nacionalidade que cumpram os requisitos seguintes: a) último grau universitário numa especialidade linguística (tradução, interpretação, terminología, documentação, filologia, jornalismo, etc) ou biomédica (medicina, enfermagem, fisioterapia, farmácia, veterinária, biologia, biotecnologia, etc) obtido há cinco anos ou menos; b) língua de trabalho: português (em qualquer variante: europeia, brasileira, africana ou asiática, como língua de partida ou de chegada).
 
§ Não pode concorrer à bolsa quem já a teve num concurso anterior.

Documentação e prazos

§ As propostas são formalizadas por correio eletrónico em português ou espanhol dirigido à secretaria do Comité de Avaliação: becaluisatavarescoelho@gmail.com.
 
 
§ O formulário de candidatura à bolsa, preenchido em português ou espanhol, inclui um currículo abreviado (máximo de 500 palavras) e uma carta de apresentação com uma exposição breve sobre os motivos de solicitação da bolsa (máximo de 500 palavras).
 
§ O prazo para a apresentação das candidaturas está aberto até ao dia 12 de dezembro.
 
§ Informação geral: http://www.tremedica.org/becas/bolsa_LuisaTavaresCoelho.html.
 
Decisão

§ A avaliação das candidaturas é feita até ao dia 29 de dezembro por um Comité de Avaliação composto por:

Daniel Moura, Portugal (secretário)
Silvia Gómez, Argentina (representante da Comissão de Admissões da Tremédica)
Suzana Gontijo, Brasil
Luis Pestana, Portugal-Suiça
Cristina Río López, Espanha
cia M. Singer, Brasil

§ A decisão do Comité de Avaliação é inapelável.
 
§ O nome dos bolseiros escolhidos é anunciado pelo Comité de Avaliação ao dia 30 de dezembro.
 
§ As bolsas não serão atribuídas se as candidaturas não se ajustarem aos requisitos estabelecidos.

As bolsas «Luísa Tavares-Coelho» não têm patrocínio institucional e são financiadas pelos contributos de familiares, amigos e colegas de Luísa Tavares-Coelho. Quem desejar fazer uma contribuição pode fazê-lo através dos seguintes meios mencionando expressamente «Doação bolsas Luísa Tavares-Coelho»:

  1. § PayPal: www.tremedica.org/info_pago.html#pp.
  2. § Cartão de crédito: www.tremedica.org/info_pago.html#cc.
  3. § Cheque a favor de um banco dos Estados Unidos, em dólares e em nome de Tremédica, enviado para 86 Balmville Rd, Newburgh, NY 12550.
  4. § Transferência em euros a partir de qualquer país da União Europea para a conta de Caja España.